Educação Carcerária na Região Norte é pauta de webnário

 

A pandemia de Covid-19 impôs desafios a todos os aspectos da vida em sociedade, embora o problema demonstre maior complexidade em áreas como a Educação. E se para instituições de ensino regulares lidar com as restrições vem sendo difícil, assegurar o direito à educação das populações encarceradas pede o debate entre os que atuam neste segmento. Para reforçar esta conversa, o Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Gestão, Trabalho e Educação Carcerária (GEPGTEC), do Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE) da Universidade do Estado do Pará (Uepa) realiza em conjunto o II Seminário e I Webinário Regional sobre Educação Carcerária Na Região Norte, entre os dias 26 e 28 de novembro. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas neste link.

O evento marca ainda os dez anos de convênio firmado entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para a atuação dentro da Escola de Educação Carcerária e os dez anos de estudos e pesquisas sobre educação, gestão e trabalho no cárcere. “O momento pelo que o país passa é emblemático para que se discutam questões que assegurem a garantia do direito à educação a todas as pessoas. E o papel do GEPGTEC é exatamente esse: fazer com que as políticas públicas, com que a educação, com que o ensino, com que o acesso à educação seja garantido a todas as pessoas, incluindo as que se encontram nas prisões”, afirma a líder do Grupo, professora Auxiliadora Maués.

O GEPGTEC é composto por mais de quarenta pesquisadores, dentre eles um conjunto de mais de vinte professores que atuam hoje na Educação Carcerária, da rede Pública Estadual do Pará, e desenvolve estudos e pesquisas relativas à área de gestão, trabalho e educação – tratando da especificidade da educação em espaços prisionais, além de executar projetos de pesquisa, ensino e extensão direcionados para estudantes da Educação Básica, graduação e pós-graduação – qualquer que seja o espaço em que eles se encontrem.

O II Seminário o I Webnário são fruto da parceria entre as instituições e busca oportunizar as discussões e contribuir para o fortalecimento da oferta da educação às pessoas encarcerados no Pará. Entre os profissionais presentes na discussão estão Elionaldo Julião, da Universidade Federal Fluminense (UFF), que abre o evento com a conferência O Papel do Estado, da Universidade e da Escola – Diálogos Sobre a Educação Prisional. A programação completa está disponível no link da inscrição.

Serviço: Os debates do II Seminário e I Webinário Regional sobre Educação Carcerária Na Região Norte ocorrem nos dias 26, 27 e 28 de novembro, 100% online, entre às 17h e 19h30. Inscrições gratuitas.

Texto: Fernanda Martins/Ascom CCSE
Foto: Daniel Leite/ Ascom Uepa